3 de agosto de 2013

JULIANA ROSSI: VOZ DE FADA ENCANTA FÃS NO METRÔ PARAÍSO

“Vocalista interpretou com desenvoltura canções do Nightwish para um ótimo público”

Texto e fotos: João Messias Jr.

Juliana Rossi
João Messias Jr.
Conhecida pelos seus trabalhos com o Nightwish Cover, Hevorah, RavenLand e Sattva Rock, Juliana Rossi atraiu muitas pessoas em seu pocket show, realizado nesta última sexta-feira (2),às 19h dentro da estação de Metrô Paraíso, em que se apresentou cantando músicas do Nightwish e canções da carreira-solo de sua primeira vocalista, Tarja Turunen.

A apresentação fez parte do Projeto Encontros, que é uma iniciativa de promover arte nas estações do metrô, em suas mais variadas formas (música, dança, cinema, teatro) de forma gratuita, o que é uma grande sacada, pois as pessoas não precisam sair de dentro da estação e que às vezes aquela “sapeada”, pode gerar ótimas experiências, como foi nesta agradável noite.

O show

Flávia Morniëtari e Juliana Rossi
João Messias Jr.
Ás 19h, o show teve início, com Wishmaster, Ever Dream e Come Cover Me, em que a vocalista, acompanhada de samplers mostrou uma interpretação segura e ao mesmo tempo cativante e com muita desenvoltura. Vale lembrar que em sua carreira, Juliana mostra uma gama variada de estilos, indo desde o lírico/sinfônico ao gótico e até a linha de musicais da Broadway.

Em Sleeping Sun foi onde ocorreu um dos momentos marcantes desta apresentação, pois o que havia começado com um bom público, acabou recebendo muita gente que naquela “sapeada” acabou se rendendo ao talento de Juliana.

Para os fãs da primeira vocalista do Nightwish, alguns sons foram executados, com destaque para a sublime interpretação para I Walk Alone, de My Winter Storm, o que mostrou que a moça não deve em NADA a nenhuma cantora do estilo.

Participações especiais

Raphael Dantas e Juliana Rossi
João Messias Jr.
O que estava bom ficou ainda melhor com as participações especiais. A primeira que subiu ao palco foi Flávia Morniëtari (HellArise), que dividiu às vozes em Slaying the Dreamer, do álbum Century Child, fazendo as partes agressivas. O outro convidado foi Raphael Dantas (Caravellus, Soulspell), que cantou Beauty and the Beast e Wish I Had an Angel, cuja interpretação, apesar de alguns errinhos,  mostrou aos fãs de metal um cantor que muito em breve tem tudo ser lembrado como um dos grandes nomes da cena nacional.

Já a terceira convidada foi Juliana Novo, da banda gaúcha Crucifixion BR, que está fazendo uma estadia em São Paulo. A vocalista dos pampas mostrou desenvoltura com seu vocal grave, lembrando Floor Jansen (Revamp, Nightwish, After Forever).

Triste fim

Juliana Novo e Juliana Rossi
João Messias Jr.
Infelizmente Juliana anunciou a última da noite, Over The Hills And Far Away (Gary Moore), que embora dizer isso seja chover no molhado, mas aqui a cantora fez a interpretação mais emocionante da noite, o que rendeu aplausos em seu final. Deu a impressão que os 75 minutos de show pareceram 20, de tão rápido que o tempo se passou.


A boa notícia foi que Juliana anunciou que no dia 31 estará fazendo um pocket show com sua nova banda, o Sattva Rock. Embora seja clichê dizer, foi emocionante ver tanta gente nesta apresentação, o que reforçaram minhas convicções de que para a cena rock/metal melhorar, depende apenas da gente!

Nenhum comentário: