18 de setembro de 2013

KIARA ROCKS: DAQUI POR DIANTE...MAIS PESO

“Terceiro disco do quinteto mostra uma faceta mais pesada que pode desagradar que gostem de algo mais pop”

Por João Messias Jr.

O terceiro trabalho é algo que significa muito para a carreira de uma banda,
Daqui Por Diante
Divulgação
independente de seu segmento. Ao começar que nem todos os grupos conseguem chegar nessa etapa. Segundo, em 90% dos casos, os discos que carregam o número 3 mostram uma nova faceta ou direcionamento. Esse último é o caso da Kiara Rocks, que carrega o sugestivo título Daqui Por Diante.

O referido trabalho mostra uma banda apostando numa sonoridade mais suja e pesada, sem espaço para baladas, mostrando um lado malvado. Só que com uma vantagem: a qualidade dos arranjos, algo que a trupe formada atualmente por Cadu Pelegrini (voz), Anselmo Favaro e Phil Bonaño (guitarras), Juninho (baixo) e Marcos Grevy (bateria)  faz com maestria desde seu primeiro disco.

As faixas que chamam a atenção são In Coma, Sinais Vitais e Falso Alarme, que confirmam essa nova tendência no som do quinteto, que para quem gosta de comparações, estão mais para Circus of Power do que Guns and Roses. Já Alice, graças a sua linha mais densa, lembra o Candlebox, só que mais pesado (e melhor).Últimos Dias possui uma melodia gostosa e Nada a Perder é bem pesada e termina numa linha bem rock and roll. Além das faixas citadas, o CD possui regravações para Com Ódio e Gasolina e Não Vai Adiantar e versões para Mr. Scarecrow (Herbert Vianna, que contou com a participação de Dinho Ouro Preto e Rafael Bittencourt) e Save a Prayer (Duran Duran), que com certeza encheu de orgulho a banda de Simon Le Bon.

Como fã, continuo preferindo o álbum anterior, mas como crítico e jornalista eu recomendo, principalmente pela ousadia e aposta num estilo que apesar de possuir  representantes mundo afora, ainda não tem um grande nome aqui no país.
www.kiararocks.com.br

Nenhum comentário: