11 de novembro de 2015

SEMENTES QUE GERAM FRUTOS

White Sand, álbum de estreia dos pernambucanos do Dune Hill mostra o ressurgimento do hard rock no Brasil

Por João Messias Jr.

White Sand
Divulgação
Dizem que nesta vida devemos fazer três coisas: escrever um livro, fazer um filho e plantar uma árvore. Apesar de  muitos livros e crianças foram concebidas por todos esses anos, o lance para comemorar são o crescimento das árvores. Sim, das árvores, fruto das sementes que os fãs de hard rock plantaram por todos esses anos. Se contarmos com o aparecimento do grunge, já são mais de duas décadas que os fãs de bandas como Mötley Crüe, Kiss, Poison, entre tantas outras esperam por um novo boom do estilo.

Hoje muitas daquelas sementes se tornaram árvores, que hoje começam a geram frutos, fazendo que os fãs de um bom e velho hard rock comemorem. Exemplos não faltam, Púrpura Ink, Crossrock, Desert Dance, Vegas HR, Fúria Louca, entre muitas outras, como o quinteto Dune Hill.

Oriunda de Pernambuco e formada por Leonardo Trevas (voz), André Pontes (guitarra), Felipe Caiado (guitarra), Pedro Maia (baixo) e Otto Notaro, investem no hard, que embora possua passagens alegres, foge daquele esquema festeiro, inclusive abrindo espaço para vertentes como o rock and roll, metal tradicional,  southern rock e o grunge.

Fusão que funcionou e proporciona variedade o trabalho, que possui momentos melancólicos, como a intro White Sand, guitarras inspiradas em Big Bang e a intensidade de Seasons. Porém, é o clima festeiro que é o que abrilhanta o trabalho, como Seize the Day, Soul Love e a certeira Miracles, dona de um belo refrão e solos no mínimo curiosos.

Além disso, White Sand possui uma belíssima capa (apesar de sugerir algo mais prog), feita por Rodrigo Bastos Didier e um encarte que embora simples, é bem feito, o que evidencia a preocupação do grupo com o todo, principalmente nesses tempos modernos em que cada vez menos as pessoas se importam com o material físico.

Que essas sementes continuem prosperando mais e mais para que o estilo retome o topo, desta vez com mais segurança, pois hoje é a força dos fãs faz com que uma banda tenha sucesso, sem a interferência de gravadoras e coisas do tipo. 

IN HARD ROCK WE TRUST!

Nenhum comentário: