19 de abril de 2016

THRASH METAL, SORRISOS E SATISFAÇÃO PLENA

Thrashers da Woslom recebem imprensa em convidados no lançamento de seu terceiro álbum de estúdio, A Near Life Experience

Por João Messias Jr.
Fotos: Edu Lawless

Woslom
Edu Lawless
É aquela máxima: quem trabalha sério, com determinação e da forma correta, cedo ou tarde colhe os frutos. Frutos que o pessoal da Woslom vem colhendo gradativamente, principalmente após o lançamento de seu segundo álbum de estúdio, Evolustruction, de 2013, que mostrou uma banda fiel ao som que praticam, porém expandindo os horizontes. Ousadia que rendeu shows memoráveis por diversos estados brasileiros e pela Europa, terra que os caras voltarão em breve.

Pois bem...e o próximo passo? Regredir aos tempos do debut ou continuar a evolução? O que podemos dizer que não foi nenhuma das duas coisas, pois o que Silvano Aguilera (guitarra e voz), Rafael Iak (guitarra), André Mellado (baixo) e Fernando Oster (bateria) fizeram em A Near Life Experience foi um verdadeiro clássico do thrash contemporâneo, cuja resenha estará no fim desta matéria. E tal façanha foi comemorada com imprensa e convidados nesta última quinta-feira (14), no Espaço Som, em São Paulo.

Chegando no local, era possível trombar com músicos de diversas bandas como Timor Trail, Bywar, Chaos Synospis, Panzer, Anthares, entre muitas outras. Após o tempo de todos se ambientarem, às 20h30 foi iniciada a audição do novo trabalho até às 21h15, com a banda no palco agradecendo a presença de todos.

(Parênteses) Agradáveis Notícias

Walcir Chalas e Fabrício Ravelli
Edu Lawless
Nesse momento, a banda chama ao palco dois convidados. O primeiro foi Fabricio Ravelli, baterista que faz/fez parte de grupos com Imbyra, Hirax e que hoje é responsável pelo projeto Rock Na Praça, que é um evento gratuito que acontece no final de cada mês em frente à Galeria do Rock e que terá nessa nova edição as bandas Torture Squad, John Wayne, Woslom e Sinaya. 

"Temos de mostrar a importância do headbanger, que não somos apenas caras de preto, mas uma cultura, uma nação." Palavras ditas pelo músico que merecem incentivo.

O que dizer de Walcir Chalas? Para aqueles que beiram os 40, época que não havia internet e o rádio era uma bela forma de se atualizar sobre o que andava rolando. Um desses canais era o Comando Metal, que era apresentado por Walcir. Além de radialista e proprietário da loja Woodstock (que lançou discos de suma importância por aqui) era responsável por eventos em frente ao seu comércio. 

E falando nesses eventos, o Walcir recebeu a notícia no palco que o espaço para shows da Woodstock pode voltar a ser feito (digo isso, pois não há uma data para acontecer). O veterano, de 62 anos, emocionado, retribuiu com um "Heavy Metal Is the Law".

De volta ao thrash

Woslom
Edu Lawless
Após duas boas notícias, o momento foi de bater cabeça. E o quarteto foi mostrando o novo poder bélico com as novas Underworld of Aggression e A Near Life Experience. A primeira é dona de um refrão marcante e a segunda tem mais de oito minutos de pura viagem. Os tempos de Time to Rise e Evolustruction foram lembrados com Beyond Inferno, Purgatory e Pray to Kill. Mas a noite era para músicas novas, como Unleash Your Violence, que é outra que nasceu para os palcos.

Infelizmente Time to Rise, do debut de mesmo nome deu fim ao show do quarteto, que após o show tirou fotos e autografou os materiais que os fãs traziam/adquiriam no local.

Uma noite maravilhosa, que deixou todos satisfeitos. Em especial ao quarteto por ver tamanha aceitação em relação ao novo trabalho. Enfim, mais um degrau que os caras subiram e podem ter certeza que daqui há alguns anos estarão no topo como uma das melhores bandas do thrash contemporâneo. Eu não tenho dúvidas. E você?

A Near Life Experience...primeiras impressões

A Near Life Experience
Divulgação
O que mais se ouviu no dia foi algo assim: "É a velocidade do Time to Rise com a técnica e melodia do Evolustrucion". Respeito todas as opções, afinal todas devem ser consideradas. Mas, acho que definir o novo álbum dos caras é simplório e vago demais. 

Soa como se as pessoas quisessem fazer um "lead" do disco (técnica jornalística que no primeiro parágrafo responde perguntas como o que, quando, onde, como e porque). Não podemos esquecer que música é emoção e sensibilidade e por isso que acho que um disco desses não deve ser avaliado de forma fria.

Por que digo isso? Porque A Near Life Experience é um álbum que vai te conquistando aos poucos (assim como Evolustruction) e após essa adaptação você está entregue ao thrash do quarteto. Se tem algo que podemos definir é que para tudo aqui Silvano, Rafael, André e Fernando apertaram a tecla "+", pois aqui temos mais riffs, mais melodias, mais musicalidade e claro, mais músicas legais.

As três primeiras faixas, Underworld of Aggression (com seus coros de time de futebol), a faixa que nomeia o disco, com seus mais de oito minutos de riffs cortantes e solos melódicos e Brokenbones, que quebra o pescoço. Mas não parou por aí, Unleash Your Violence com sua pegada que lembra Haunted By The Past tem tudo para ser um hino do grupo, assim como Lords of War, talvez a música mais diferente da trajetória do grupo e uma bela versão para Thrasher's Return  do saudoso grupo thrash Bywar são alguns destaques do álbum.

Alguns? Sim, pois temos de apontar que o quarteto está tocando como nunca. Os vocais de Silvano estão mais intensos e agressivos, Rafael Iak mostra que logo estará junto com caras como Jeff Waters (Annihilator) e Alex Skolnick (Testament), André Mellado deu um gás speed às canções graças ao seu baixo estalado e Fernando Oster é o maior destaque entre os músicos com uma performance sensacional e empolgante.

Ainda não acabou, pois se for fã do trampo físico, vai sacar a preocupação dos caras com o todo. Uma capa que fica na mente, a concepção do encarte, desde o equilíbrio das cores, onde cada coisa deve ficar e a pose para as fotos. Coisa de quem quer chegar ao topo.

Dizem que um jornalista não pode rasgar seda para um trabalho, mas pelo menos aqui, fodam-se normas e métricas, pois o trampo dos caras merece todos os parabéns possíveis.

Nenhum comentário: