4 de maio de 2012

STAFF: PASSOS BEM CALCULADOS

Staff
Foto: Divulgação
Contando com Dani Boy, que foi assistente de palco do Gugu como vocalista, a banda não se acomoda pelo fato de ter um famoso em sua formação e trabalha sério na consolidação da sua carreira.
Nesta entrevista feita com a banda, eles nos falaram sobre a aceitação de seu primeiro trabalho, A Nossa Primeira Vez, como a internet pode ajudar na divulgação de um trabalho, futuro e muito mais!

Confiram!

NEW HORIZONS ZINE: Olá amigos! Vamos dizer que a banda já era conhecida logo nos seus primeiros passos, pois ela tem em sua formação Dani Boy, que foi assistente de palco do Gugu. Quais as coisas boas e ruins de possuir um famoso na banda?

Staff: Bom, primeiramente por mais que a banda tenha um integrante famoso, se não tivéssemos dado nossos primeiros passos sozinhos, a banda não seria famosa em primeiros seus passos. E por mais que tenhamos certa fama acho que ainda temos um longo caminho até chegar onde queremos.


Uma coisa boa é que, possuir um artista das antigas na banda nos dá mais ânimo pra continuar trabalhando no ramo. Uma coisa ruim é que talvez ele ganhe mais destaque nesse começo da nossa carreira, mas sempre certo de que somos um grupo.
NHZ: Como vocês descreveriam o som da Staff e suas apresentações ao vivo para aqueles que não conhecem a banda?

Staff: Um pop rock com ritmo vibrante e letras simples de amor e cotidiano. Nas apresentações ao vivo, um som pesado pra sempre deixar a galera pra cima, cantando e batendo palma.


Staff
Foto: Divulgação
NHZ: A banda é de São José dos Campos. Conte-nos como é a cena da cidade, se temos muitas bandas, festivais e qual o relacionamento de vocês com as outras bandas?

Staff: O Dani Boy e o Bruno são de Jacareí (cidade vizinha), Lucas Alvarenga, Simões e Everton de SJC. Na verdade definimos a cena regional fraca para o som próprio, pois infelizmente há falta de apoio das autoridades em relação à cultura.

O relacionamento é tranqüilo, pois já participamos de festivais com outras bandas da cidade.

NHZ: Vocês lançaram em 2010 seu primeiro trabalho, chamado A Nossa Primeira Vez, que teve um bom alcance entre o público teen. E quanto ao público adulto, o que eles comentam do disco?

Staff: Quem gosta sempre apóia, e mesmo os que não gostam sempre fazem críticas sem ofender. Mas no geral todos falam bem, porque é sempre bom levar o nome da nossa região em repercussão nacional, ainda mais no meio artístico.


NHZ: E o debut vem tendo uma grande repercussão através da internet, principalmente no myspace, onde vocês conseguiram muitos acessos. Para uma banda como o Staff, qual a importância das mídias sociais para a divulgação do trabalho?

Staff: É uma das coisas mais importantes, pela repercussão que a Internet dá pelo “flood” que acontece, as pessoas estão cada vez mais envolvidas na net, e isso é bem claro pq todas as vezes que aparecemos na TV ou na rádio, a primeira coisa que a galera vai fazer é procurar o nome na internet, e sempre acabam achando material.


NHZ: O CD foi lançado pela Oversonic Music, que vem fazendo um bom trabalho com as bandas da região como Anoxika, Attomica e Megh Stock (ex Luxúria). O que estão achando do trabalho deles e pensam em manter a parceria em futuros trabalhos?

Staff: É um bom trabalho, moderno e com firmeza, estamos com músicas novas e se for pra lançar com eles, tenho certeza que será um ótimo trabalho. É sempre bom também ter o nosso nome junto ao do Attomica, por exemplo, que já fez turnê no exterior.


NHZ: E falando em novo trabalho, quais as novidades?

Staff: Algumas músicas novas finalizadas, mas a idéia é ter um rol de músicas pra escolhermos as melhores. E estamos com um trabalho em mente de fazer um “ao vivo no estúdio”, que servirá de material oficial.


NHZ: Para encerrar, acabamos nos conhecendo num curso de Marketing para músicos e profissionais do ramo. E sabendo que hoje não basta apenas tocar para conseguir um lugar ao sol, qual a importância de conhecer um pouco dessas ferramentas de trabalho para melhorar o trabalho da banda?

Staff: É sempre bom conhecer essas vertentes de trabalho pra também estar atualizado e ficar esperto com o que acontece, porque o músico que sabe cuidar da carreira sempre têm crédito.


NHZ:Obrigado pela entrevista! Deixem uma mensagem ao leitores do New Horizons Zine!

Staff: Fica aí o nosso agradecimento a você e aos leitores, esperamos que ocorram mais vezes, pois é sempre divertido falar de música, ainda mais com quem conhece do assunto. Obrigado!

-|- STAFF |-




Documentário:

Nenhum comentário: