26 de maio de 2012

ANGUERE: NO CAMINHO CERTO

Debut CD de quarteto paulistano aposta em som moderno e letras baseadas em nosso cotidiano

Por João Messias THE ROCKER

Anguere - Capa do CD
Imagem extraída da Internet
Por se tratar de uma banda nova, com quatro anos de vida, é surpreendente o primeiro registro dessa banda de Rio Claro, interior de São Paulo.

O quarteto que contava na época com Paulo Marques (Vocal), Cleber Roccon (Guitarra), Luciano Cecagno Jr. (Baixo) e Adriano Prado (bateria) aposta num som moderno, que mescla Metal Moderno (New Metal/Metalcore/Rapcore) e Death/Thrash que nesse CD auto intitulado vem com muito mais acertos do que erros.

Vamos começar pelos acertos, que é a sábia forma que a banda mescla todos esses estilos, usando muito groove e vocais ora gritados e urrados (que lembram grupos como Sepultura e Obituary) e canções com potencial como Fim (que contém umas passagens brazucas), Pesadelo, com vocais em prosa e um instrumental que fará a alegria de fãs de bandas como Biohazard/Pro Pain, além das guitarras bem pesadas.

A única coisa ruim do trabalho é a gravação que ficou abafada, inibindo um pouco do som das guitarras e amenizando um pouco da fúria do quarteto, o que é uma pena, pois pelo material apresentado aqui, a banda tem muito futuro.

Recentemente a banda passou por mudanças de formação e se prepara para um novo trabalho, que com certeza corrigirá esses detalhes e colocará o Anguere onde merece.

3 comentários:

Heder disse...

Esse estilo de som é algo MUITO delicado, né? É tão fácil o resultado final ser desastroso... Mas quando sai bom é realmente uma CONTINUAÇÃO do legado metálico.

Rock D'La Rua disse...

Muito booommmmm!!! A galera tá representando geral ROCK NA VEIA!!!

Anônimo disse...

muito boa essa banda