16 de fevereiro de 2013

RYGEL: UM EXEMPLO PARA SER SEGUIDO

Quinteto santista alia elementos do metal, progressivo e hard rock, tornando seu novo trabalho, "Imminent" uma referência do estilo no país e no mundo

Por João Messias Jr

Imminent
Divulgação
Não é de hoje que os trampos das bandas brasileiras surpreendem muita gente, seja pela produção e o nível elevado das canções. Digo isso porque o novo trabalho dos santistas do Rygel tem tudo para cair naquela frase: "se fosse gringo estavam sendo saudados pelos quatro cantos", pois o resultado atingido neste trabalho é no mínimo de impressionar.

Mantendo a linha do trabalho anterior "Realities - Life As It Is" só que mais sofisticação e pompa, sem soar de ser pesado e agressivo, e isso é ponto para os caras. O que encontramos aqui são guitarras beirando o thrash em muitas passagens, com riffs e solos que farão os fãs de Alex Skolinick (Testament)ao delírio, como em Leave Me Alone, Asking for a Vote e Realities. 

As virtudes não ficam apenas neste quesito, pois a agressividade também faz parte do pacote, como em" Damnation", que conta com a participação de Marcello Pompeu (Korzus), que produziu o disco! Para os fãs de baladas, o destaque vai para "Memories", dona de lindas melodias com grande influência flamenca, numa belíssima atuação do vocalista Daniel Felipe, que fará a alegria dos fãs de caras como Hansi Kursch (Blind Guardian), Zak Stevens (Circle II Circle) e Chris Boltendahl (Grave Digger).

Só que não adianta nada bandas como o Rygel lançarem trampos primorosos, se os ditos "headbangers" só se interessarem pelo que vem do exterior. Vamos fazer a nossa parte: incentivar a continuidade de grandes registros como esse aqui!

Não é preciso dizer mais nada, certo?

Nenhum comentário: