6 de julho de 2012

UNBLACKPULSE: MUTAÇÃO CHEIA DE GROOVE

Mescla de influências e groove são a base do primeiro EP do grupo

Por João Messias THE ROCKER

Capa do EP 2012:DoomsYear
Divulgação
Não é de hoje que as bandas mesclam influências variadas para tentar fazer  algo diferente que mesmo tempo caia no gosto do povo. Normalmente você acaba atingindo a metade dos objetivos, pois em muitos casos o público não aceita o flerte de determinados ritmos/estilos musicais.

Só que aqui o quinteto paulista acertou a mão em sua miscelânea, pois agregou estilos em que o denominador comum é a energia, e dessa forma a maioria dos fãs de som pesado lembrará desse nome com facilidade: Unblackpulse!

As três faixas do EP 2012:DoomsYear são cheias de vibração, groove, com cordas “gordas”, que vão numa linha White Zombie, Fight, Pantera, com riffs e solos furiosos e criativos. Mas o quinteto conta com dois grandes diferenciais: a bateria numa linha mais simples e reta e vozes variadas, como um Zak Stevens (Circle II Circle)  mais agressivo. Quando cito as influências, não se trata de cópia das bandas citadas, e sim uma referência para você leitor sacar a linha de som dos caras.

Aos aficcionados por novidades e bandas de qualidade, 2012:DoomsYear está disponível no site da banda, que se mostra pronta para um álbum “full”, e se conseguir as merecidas chances, será um destaque da cena pesada nacional muito em breve.

Nenhum comentário: