20 de março de 2013

JACKDEVIL: ORGULHO DO POVO MARANHENSE

"Banda vinda do Maranhão apresenta o  melhor do speed/thrash/heavy em seu novo EP, Faster Than Evil"

Por João Messias Jr.

Faster than Evil
Divulgação
Para você querido headbanger, o que lhe vem na cabeça quando te perguntam sobre o Maranhão? Alguns podem citar o Moto Clube (tradicional clube de futebol da ilha), mas, creio que a maioria esmagadora responderá "Metal Open Air", festival que numa sucessão de erros manchou a história do estado, por consequência, do país.

Mas, para curar esta ferida, o quarteto de speed/thrash/heavy Jackdevil mostra que pode ser a primeira opção a ser lembrada quando alguém perguntar sobre terras maranhenses. E de forma positiva. O quarteto formado por André Nadler (voz e guitarra), Ric Andrade (guitarra), Renato Speedwolf (baixo) e Filipe Stress (bateria) mostra em seu novo EP tudo que os fãs mais gostam no estilo, guitarras bem trabalhadas, alternando momentos trabalhados com outros "vespas loucas", baixo marcado, mas com alguns diferenciais.

Ao começar pela bateria de Felipe, que é muito técnica, com muitos momentos cadenciados, usando a velocidade somente quando a música pede, como pode ser ouvido em Night of the Killer. Outra característica marcante ficam por conta dos vocais de André, que possui como referência os mestres Kurt Brecht (D.R.I.) e John Connely (Nuclear Assault), fugindo do "esquemão" Mille Petrozza (Kreator).

Cara, é injusto destacar alguma faixa, mas como muitos querem um ponto de partida, prestem atenção em na já citada Scream for Me, que possui um pé no punk rock e as guitarras harmonizadas de Bastards in the Guillotine.  Claro, a gravação e a arte estão impecáveis. Esta última, vale citar que numa primeira vista, pode soar como uma versão "evil" do Stryper, por causa do uso das cores amarela e preta, mas essa impressão cai por terra nos primeiros segundos de audição. O trabalho é muito bonito e cheio de detalhes, fazendo por merecer até uma versão em vinil.

A demo é altamente recomendada para fãs de discos como Kill'em All (Metallica), Rust in Peace (Megadeth) e Show no Mercy (Slayer).

Headbangers, agora vocês sabem o que responder quando lhes forem perguntados sobre o Maranhão, correto?

2 comentários:

Anônimo disse...

Quero vinil!!

Anônimo disse...

MOto Club é o Car****, AQUI é Sampaio Corrêa MAN!!! Parabéns a JACKDEVIL, os caras são bons.