31 de outubro de 2013

SUBVERSILVAS: PESO E PEGADA

"Trio paulista mescla vertentes da música pesada e atinge um bom desempenho em EP de estreia"

Por João Messias Jr.

SubverSilvas
Divulgação
Assim como falei do CrossFear, o trio SubverSilvas foi mais uma banda que acabei conhecendo em um show, desta vez em São Caetano.

Os caras apresentam uma mistura interessante de thrash, HC com algumas partes grind, que privilegiam o peso e a pegada, o que aqui provou ser a decisão acertada.

A bolachinha começa com Lutar, dona de uma levada empolgante, com destaque para os vocais, que apesar de usar uma linha que altera momentos berrados/gritados e urrados, possuem uma ótima pronúncia, em que se entende perfeitamente o que está sendo vociferado.

USA foge um pouco do esquema mais cadenciado, com momentos grind e um ótimo solo na linha Andreas Kisser (Sepultura). Miséria mostra outra faceta nos vocais, cheios de groove.

Já Brasil começa bem lenta, quase doom. Depois vira o maior quebra pescoço. Essa faixa é a mais longa do trabalho e possui passagens interessantes de guitarra, que esbarram no heavy tradicional em alguns momentos.

O final fica por conta de Extrospection, que possui uma ambiência  positiva e por isso encerra o disco com o astral la em cima.

Além do som, o que chama a atenção são as letras, que passam uma mensagem de conscientização sem cair no lance político.

Vale a pena escutar!

Nenhum comentário: