29 de abril de 2014

ANDRAGONIA: “ESTAMOS FELIZES COM TUDO QUE VEM ACONTECENDO NESSA NOVA FASE”

Sair da zona de conforto, partir para algo novo e manter um elo com o passado. Assim podemos definir o novo momento vivido pela banda Andragonia. Após uma debandada em que sobraram apenas os guitarristas Cauê Leitão e Thiago Larenttes, a dupla das seis cordas criou um clima de suspense para o anúncio dos novos músicos do grupo. E esse suspense foi revelado com o vídeo The Challenger, que além dos músicos citados acima, atualmente conta com o vocalista Raphael Dantas (ex-Caravellus), o baixista Toni Laet  e o baterista Alex Cristopher. Só que as mudanças não ficaram restritas na formação, pois a sonoridade ficou mais pesada e encorpada.

Na entrevista feita com Cauê Leitão, o músico nos fala das mudanças de formação, a nova sonoridade e planos futuros!

Por João Messias Jr.
Fotos: Divulgação

Andragonia
Divulgação
NEW HORIZONS ZINE: A banda sofreu uma ruptura com a saída dos antigos integrantes, permanecendo da formação original os guitarristas Thiago Larenttes e Cauê Leitão. Como foi seguir em frente e reformular a banda?
Cauê Leitão: As coisas foram acontecendo de forma natural, eu o Thiago sempre pensamos que se estava acontecendo algo, não era por acaso, sempre nos mantivemos com a certeza que íamos continuar e nunca desistir, as entradas dos novos integrantes foram perfeitas. Hoje a banda trabalha com 100% de participação de todos os integrantes, e estamos muitos felizes com tudo que vem acontecendo na nossa atual fase!

NHZ: Um dos achados dessa nova fase é o vocalista Raphael Dantas, que participou do Soulspell além de ter feito parte da banda Caravellus. Como chegaram no cantor e foi logo de cara que falaram “É o cara”?
Cauê: Eu já conhecia o trabalho do Rapha na sua ex-banda, sempre o admirei muito. Certo dia, fui a Recife e o conheci pessoalmente, conversamos um pouco, e ele me falou das dificuldades de fazer metal em Recife, e que estava pensando em vir para São Paulo. O incentivei muito e falei um pouco da minha história também, que sai de Recife adolescente e vim pra São Paulo em busca dos meus objetivos também. Logo alguns meses se passaram e o Rapha chega em São Paulo, e eu não tive dúvida, e pensei "esse cara vai ser o novo vocal do ANDRAGONIA", é o tipo de vocal que realmente estávamos procurando!

NHZ: Interessante que foi cercada de mistério a nova música e integrantes, cujo suspense acabou no lançamento do vídeo de “The Challenger”. Por que decidiram adotar essa estratégia?
Cauê: Pensamos realmente que foi a melhor estratégia a ser adotada.  Seria esquisito divulgar os novos integrantes e não mostrar eles já trabalhando com a banda, e também o suspense é gostoso (risos), porque quando quebra o suspense o "BUM" é imediato, nos surpreendemos muito com o "barulho" que fizemos em toda mídia no lançamento!

The Challenger
Divulgação
NHZ: E vocês surpreenderam nessa reformulação, pois além de pegarem músicos de primeira linha, mudaram o direcionamento musical, marcado com o lançamento do videoclipe de The Challenger. Podemos dizer que hoje estão mais para Meshuggah do que Marillion. O que acham da comparação e houveram questionamentos para a mudança musical da banda?
Cauê: Hoje temos novas influências, gostamos de muitas bandas modernas, afinação baixa, e pensávamos que o nosso vocal tinha que vim com essa cara mais agressiva, trabalhando o drive de uma forma mais consistente e comum. Questionamentos sempre tem, mas a quantidade da galera que apoio nem se compara com a quantidade da galera que não apoio, estamos bem felizes com tudo que vem acontecendo nessa nova fase, podem se preparar que o novo disco vai chegar com os dois pés no peito!

NHZ: Aliás, porque estrearem com um clipe ao invés de um single ou mesmo um EP?
Cauê: Precisávamos apresentar a banda com o novo som e o principal as novas caras, e um clipe é uma das melhores formas para isso, um EP ia demorar um pouco, e não aguantávamos mais de tanta ansiedade (risos).

Andragonia
Divulgação
NHZ: Como foi a adaptação dos novos músicos com o material antigo? Há algumas músicas novas além da já citada “The Challenger”? O que podemos esperar em termos de direcionamento?
Cauê: A adaptação está sendo a melhor possível, hoje tocamos as músicas antigas de uma forma mais pesada e agressiva, sem perder o lado sentimental é claro, o Alex e o Rapha não tiveram dificuldade alguma para aprenderem as músicas, já estamos fazendo shows e eu sou suspeito pra falar, mas em minha opinião está FUDIDO(Risos). 

NHZ: A banda vem conseguindo uma ótima repercussão por meio das redes e recentemente participaram do videochat da Rede TV. Os que acharam da experiência de estarem num grande veículo de comunicação e quais as expectativas após estarem no programa?
Cauê: O Mauricio da Rede TV é um amigo de longa data,  um cara que curte a banda e sempre nos ajudou e apoiou muito, foi muito legal. Ficamos sabendo que o site caiu de tanta gente acessando, foi impressionante, a repercussão foi demais. Muita gente chegando pra trocar uma ideia e falando que agora sim o ANDRAGONIA se encontrou. Tivemos elogios do Mike Lepond baixista do Symphony X e de grandes músicos de grandes bandas nacionais, como o Korzus, Eterna e a expectativa é tocar no máximo de lugares possíveis!

Andragonia
Divulgação
NHZ: As coisas parecem engrenar de vez agora, visto que vocês farão o encerramento do evento do primeiro dia do Congresso Brasileiro de Profissionais da Voz Rock.
Cauê: Foi muito legal esse show no Congresso, foi a estreia ainda não oficial da nova formação, ficamos na pilha de fazer grandes shows depois desse. Estamos recebendo várias propostas de shows e estamos negociando, graças a Deus as coisas agora sim estão acontecendo como devem ser em todos os aspectos!

NHZ: Além desta apresentação, há planos imediatos para outros shows
por aqui ou até mesmo no exterior?
Cauê: Vamos tocar no estado do Mato Grosso em um grande festival. Temos algumas datas em outras cidades quase fechadas, e sobre o exterior, estamos estudando as possibilidades, mas a idéia é ir sim. Quem quiser contratar o show da banda é só nos enviar um email para ANDRAGONIA.CONTACT@GMAIL.COM, pois queremos muito chegar em sua cidade e fazer um grande show!

NHZ: Obrigado pela entrevista. Deixem uma mensagem aos leitores desta publicação!
Cauê: Muito obrigado pelo espaço, o ANDRAGONIA agradece por toda força, fiquem ligados na página oficial da banda e acompanhe todas as novidades, queremos ver todos vocês nos shows galera. Valeu!
www.facebook.com/andragonia

Um comentário:

Anônimo disse...

show esse de Mato Grosso que nao rolou, tamanho profissionalismo da banda, ou do guitarrista, em negociar via skype com o organizador, e não exigir contrato!
muito bla bla bla e pouco resultado, desde a formação antiga.

abs

Antonio Junior