26 de novembro de 2013

CENTURIAS: ESCREVENDO UM NOVO CAPÍTULO EM SUA HISTÓRIA

Quarteto paulista lança novo single que além de agradar os fãs das antigas, mostra que o melhor da carreira está por vir

Por João Messias Jr.

Rompendo o Silêncio
Divulgação
Falar do Centúrias é citar uma das bandas desbravadoras do rock pesado de Sampa. Numa época em que tudo era feito na vontade e na raça, junto com as bandas Salário Mínimo, Avenger e Virus participaram da coletânea SP Metal, de 1984, que hoje é um ítem obrigatório na coleção de qualquer fã de música pesada.

Além desse disco, lançaram lá nos anos 80 os discos Última Noite e Ninja. Depois, se afastaram e retornaram ao front nesse novo milênio. E aí que é entra uma questão: como que o som dos caras soaria com uma produção melhor?

O quarteto, atualmente formado por Ricardo Ravache (baixo), Roger Vilaplana (guitarra), Júlio Príncipe (bateria) e Nilton Cachorrão (voz) respondeu a pergunta acima com o single Rompendo o Silêncio, que seguramente não decepcionará os fãs das antigas.       

Aquele hard/heavy com pegada rock and roll dos anos 80 continua presente, mas executado por músicos mais habilidosos e uma boa produção. São duas faixas, Ruptura Necessária e Sobreviver, sendo que a primeira é mais agitada e conta com um ótimo trabalho de guitarra e a segunda é mais acelerada e conta com uma letra interessante que tem tudo a ver com a vida de um headbanger.

Arrisco dizer que esse material faz frente aos registros dos anos 80, pois aqui sentimos que os caras não estão por grana ou por imposição do mercado, mas sim pelo prazer de fazer música, como há 30 anos, quando a banda foi fundada.

Quem viu o show dos caras no Super Peso Brasil e ouve esse novo trabalho, sabe que a banda tem tudo, mas tudo mesmo para escrever os melhores anos de sua história.

Nenhum comentário: