11 de fevereiro de 2015

HAMMERFALL: (r)ECONQUISTANDO OS FÃS?


Quinteto sueco busca sonoridade dos primeiros álbuns em seu novo trabalho

Por João Messias Jr.

(r) Evolution
Divulgação
É absolutamente normal em determinado momento de suas carreiras as bandas lançarem trabalhos medianos ou fracos. Com os suecos do HammerFall não foi diferente. Após um início avassalador com "Glory to the Brave", "Legacy of Kings" e "Renegade", o quinteto lançou discos que embora bons, em suas audições era perceptível que algo havia ficado pelo caminho.

Depois de uma pequena pausa e hoje formado por Joacim Cans (voz), Oscar Dronjak (guitarra), Pontus Norgren (guitarra), Fredrik Larsson (baixo) e Anders Johansson (bateria), aparecem com "(r) Evolution" (2014), que tem tudo para figurar entre os melhores álbuns da carreira.

Vocalizações cheias de brilho, aliados a guitarras alternando melodias, riffs e solos grudentos são representados por Hector’s Hymm (primeiro clipe) e a faixa-título, esta última inclusive chama a atenção pelo ótimo refrão. Já Bushido vai mais para o lado épico e mostra um grupo na mesma sintonia musical, sem egos e vaidades, além de ser um prato cheio para os trues, graças a frases como “I’m a Soldier Under Command” ou “The Wrath of Sword”, assim como Ex Inferis.

Mas é quando o grupo mostra seu visceral é que as coisas realmente empolgam, o que fica por conta de We Won’t Back Down (jeitão de clipe), Live Life Loud (riffs hipnotizantes), Evil Incarneted, sendo que nesta temos a impressão do vocal chamar a galera para cantar junto e o encerramento com Demonized, outra que tem tudo para fazer os bangers chacoalharem as cabeleiras, num trabalho que no geral é bem linear e uma ótima pedida aos amantes do estilo.

O cuidado do grupo em relação ao novo trabalho não fica restrito as canções. Temos aqui (como de praxe) uma produção fantástica (a cargo de Fredrik Nordström), uma bela capa feita por Andreas Marshall, tudo para que o grupo retorne ao topo, algo que saberemos daqui a alguns anos, embora seja mais que perceptível a intenção de recuperar o lugar perdido.
www.hammerfall.net

Nenhum comentário: